fbpx

Pronto para mudanças durante e depois da crise

Nova rotina corporativa, ampliação do mix de produtos e estreitamento da relação com o consumidor. Em meio à pandemia, o CEO da CSI Locações, Patrick Lima, 39, observou um crescimento de 300% devido ao aumento da demanda de equipamentos para empresas que adotaram o home office. Movimento impôs novos desafios.

Enquanto o número de clientes crescia, foi necessário um trabalho de renegociação com os antigos que enfrentam a crise. Foi então criada uma política de ajuda aos clientes, com redução para metade do valor das mensalidades que seriam compensadas no fim do contrato.

“Isso permitiu que o relacionamento com o cliente se intensificasse, que entendêssemos ainda mais as necessidades e formas de apoiá-lo”, diz. Para os 97 funcionários, também foi necessária a implantação do trabalho remoto, exceto aos que executam atividades operacionais, com os cuidados sanitários e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

“Muitos estão mais produtivos e decidimos fazer um rodízio de home office após a quarentena, para dar mais qualidade de vida, e, consequentemente, reduzir custos”, explica. Além de novos planos para a dinâmica no escritório pós-crise, houve investimentos em produtos para o audiovisual para transmissão ao vivo e serviços de streaming.

“São demandas que devem continuar crescendo. No entanto, estamos preparando o caixa para as dificuldades econômicas do mercado que deve demorar a normalizar. Mas nada será como antes, será um novo normal depois disso tudo”, diz.

SUSTENTÁVEL

A CSI Locações tem Selo Verde e a Certificação ISO 56002, conhecida como a ISO da Inovação

Contatos

Formulário de Orçamento

    Por favor, prove que você é humano selecionando Uma casa.

    Formulário de Orçamento

      Por favor, prove que você é humano selecionando Uma chave.